Seu navegador não possui JavaScript ativo!

miRNA

Arquitetura para diagnóstico precoce de câncer através da utilização de microRNA


A corrida contra o câncer avança a passos rápidos através do projeto miRNA, que busca o diagnóstico precoce através de amostras de micro RNA presentes no sangue.

O projeto tem como objetivo criar um dispositivo que consiga ler marcadores do micro RNA e descubra o câncer antes da formação de um tumor. Quando isso acontece, as chances de cura são bem maiores e o tratamento é menos doloso para o paciente.

A relação dos miRNAs com o câncer foi evidenciada em 2002 pelo pesquisador da Universidade do Texas, George Calin. Ele identificou dois tipos de genes localizados em um cromossomo determinado, com características encontradas em mais de 65% dos pacientes com leucemia. Dois anos depois, Calin descobriu que o posicionamento dos miRNAs não era aleatório, mas em locais considerados frágeis.

Os principais ganhos com o projeto são antecipar o diagnóstico e aperfeiçoar o uso de recursos financeiros do Sistema Único de Saúde (SUS). Uma das metas futuras será entregar um dispositivo portátil para cada equipe da Saúde da Família poder realizar diagnósticos.


Outros projetos: