NAVI colabora com criação de sistema de monitoramento + Vacina RN

Em pouco mais de 10 dias de funcionamento, o RN Mais Vacina está com todos os 167 municípios do Rio Grande do Norte integrados ao sistema no módulo gestor, o […]

Equipe de Comunicação NAVI
Publicado em:  

Em pouco mais de 10 dias de funcionamento, o RN Mais Vacina está com todos os 167 municípios do Rio Grande do Norte integrados ao sistema no módulo gestor, o que possibilita que cada uma das gestões municipais faça o controle de todo o processo de imunização da população local. Essa integração é fruto de um trabalho conjunto do grupo de pesquisadores do NAVI, LAIS e as prefeituras municipais, além de contar com o apoio do Ministério Público Estadual.

Para que todas as prefeituras utilizem plenamente o sistema, foram realizadas capacitações com as equipes, apresentando todas as funcionalidades disponíveis. Ao todo, foram capacitadas 470 pessoas, entre funcionários da Secretaria de Saúde Pública do Estado (SESAP), das regionais de saúde e dos municípios. Os treinamentos ainda continuam até o dia 5 de fevereiro.

Para a coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Proteção à Saúde Pública do Ministério Público do RN (Caop Saúde), a promotora Kalina Filgueira, o RN Mais Vacina é uma importante ferramenta para o controle e monitoramento de todo o processo de vacinação no Estado do RN, contribuindo com o trabalho desenvolvido pelo Ministério Público, como órgão de fiscalização e controle de políticas públicas de saúde. “O sistema foi um incremento para a transparência e controle de todo o processo de vacinação, desde a distribuição das doses até a sua aplicação, contando com 100% de adesão dos municípios do Estado, e se mostra como uma iniciativa e instrumento importante não só para transparência e controle, mas também para a garantia da equidade, no sentido de que a ordem de vacinação dos grupos prioritários seja respeitada.”

Outro fator de destaque da plataforma é o aspecto educacional, esclarecendo informações inverídicas que possam atrapalhar o planejamento realizado pelo governo do estado e pelas prefeituras, com o intuito de imunizar a população. “Além de toda a transparência que o sistema oferece, ainda há um espaço reservado à educação da população, com o esclarecimento sobre eventuais fake news, estimulando, cada vez mais, a vacinação de todos”, afirmou a sub secretária de gestão e planejamento da SESAP, Lyane Ramalho.

Os resultados positivos obtidos tão rapidamente estão chamando a atenção de outros estados, que já demonstraram interesse em ter um sistema semelhante. De acordo com o coordenador do LAIS, professor Ricardo Valentim, as características do RN Mais Vacina são bastante favoráveis para a utilização no sistema público, facilitando a logística e distribuição dos imunizantes, além de dar transparência ao processo. “O sistema está todo interligado às plataformas do Governo Federal, garantindo uma interface importante. O RN Mais Vacina vem se consolidando, com seu nível complexidade e é resultado de uma parceria entre o LAIS/UFRN, IFRN, a SESAP, o MPRN, as prefeituras municipais, mas também, com a participação fundamental da sociedade e da imprensa. Em todos os municípios do RN temos cidadãos cadastrados, isso mostra a participação popular neste processo de vacinação, algo muito singular do nosso estado”, afirmou Valentim, ressaltando que o sistema já conta com mais 550 mil cadastrados.